Cultivo hidropnico proporciona mais produo em menos espao. Um hectare de hidroponia pode produzir o equivalente a at 30 hectares no campo

25.10.2017

 

          Cansado de trabalhar horas a fio e de sofrer com a avalanche de tributos que recaem sobre o setor de comércio e prestação de serviços, o gaúcho Ricardo Antonio Rotta teve a vida transformada depois de assistir a uma reportagem de TV há 13 anos.Ao conhecer a história de um produtor paulista que utilizava uma técnica alternativa para cultivar hortaliças, percebeu uma oportunidade lucrativa e resolveu arriscar. Hoje presidente da Associação Brasileira de Hidroponia,Rotta não se arrepende de ter largado tudo para apostar na qualidade de vida dele e de seus clientes.

         - Transformei o que começou como lazer em um negócio.É algo nobre,estamos produzindo alimento - relembra o proprietário responsável por uma produção de cerca de 80 mil hortaliças por mês.

         Técnica que não utiliza o solo para o cultivo das plantas, a hidroponia usa a água para levar uma solução com os nutrientes necessários ao desenvolvimento da planta. Ainda que existam registros históricos desse tipo de cultivo por chineses, astecas e também nos Jardins Suspensos da Babilônia — que não têm evidência arqueológica de que tenham existido —, a cultura foi difundida apenas a partir dos anos 1970, quando publicações tornaram conhecido o sistema NFT (Nutrient Film Tecnique — técnica do filme de nutrientes, em tradução livre). Criado pelo pesquisador inglês Allen Cooper, o NFT tornou viável a hidroponia por reduzir o uso de água ao usar um sistema de canais de cultivo (ao lado). No Brasil, a produção em maior escala começou há 20 anos, mas o cultivo cresce cerca de 30% por ano.

          - As pessoas querem qualidade e sabor, e encontram na hidroponia. Por outro lado, há procura como negócio pela falta de mão de obra para trabalhar no campo - explica o supervisor do Laboratório de Hidroponia da Universidade Federal de Santa Catarina, Jorge Barcelos.

 

© 2010 - 2020 Direitos Reservados | Desenvolvido por: VRCLIC